Tuesday, January 31, 2012

Nova Revista do Cato Institute

Cato Papers on Public Policy, editado por Jeffrey Miron.

Na Selva o Catolicismo é o Primeiro, Segundo, Terceiro... e Último Refúgio da Canalha

É impossível entender a selva brasileira sem entender o papel preponderante do catolicismo na nossa cultura de merda. O catolicismo político militante está associado a todos os movimentos politicos totalitários do Brasil, esteve com a extrema direita de Plínio Salgado aos militares de 1964 e está com a extrema esquerda fundamentando o MST e constituindo grande parte do que há de pior no PT, como o elemento que ocupa a secretaria da presidência e seus sidekicks de porta de cadeia.

Monday, January 30, 2012

Brain Drain é Bom para os Países Pobres?

Para Robert Guest num artigo publicado na Foreign Policy a resposta é positiva:
Like many rich countries, Britain imports planeloads of medical personnel like my wife's midwife from poor countries like Nigeria; without them, Britain's hospitals could barely function. But this transfer of intellectual capital raises a troubling question: Is it fair for rich countries to poach talent from poor ones? After all, it seems intuitive that "brain drain" hurts the poor. Frank Dobson, when serving as Britain's health secretary, called it an "international disgrace." If all the best doctors and engineers move to the West, who will staff hospitals or build railways in Nigeria or Bangladesh? Simple justice, it would seem, requires that rich countries should stop recruiting doctors and engineers from poor ones.
Or does it? One of the most surprising findings in modern economics is that the brain drain reduces global poverty. On balance, the outflow of talent from poor countries to rich ones is actually good for poor countries -- and even more so for poor people, since many escape poverty by emigrating.
Migration makes poor countries better off in several ways. First, the prospect of earning big bucks working abroad spurs more people to acquire marketable skills. They scrape together college fees and stay late in the library. Having qualified as doctors or engineers, many will promptly emigrate. But many will not. Some will fail to obtain a visa; others will stay behind to look after their aging parents.

Coronelismo + Socialismo + Populismo = Eduardo Campos

O Nordeste é um celeiro de grandes homens. Deu ao Brasil gigantes da política e hoje produz uma grande promessa para o futuro do País. Eduardo Campos é uma combinação perfeita do coronelismo primata de Sarney, a visão modernista pré-neandertal de Collor e o socialismo primário de Lula. Com tantas qualidades é virtualmente impossível não conquistar o imponderável povo brasileiro.

Saturday, January 28, 2012

Stranglehold -Ted Nugent Live 1976

Obra prima, Rock'n'Roll na sua forma mais pura e absoluta. Nugent é odiado pela comunada porque é contra o uso de drogas e a favor do porte de armas. Atentem para Derek St. Holmes, um dos melhores vocalistas do rock.

Friday, January 27, 2012

O Que as Gatinhas do PT Têm em Comum, Além do Despreparo Intelectual?


Sobre Sindicatos e Sindicatos de Juízes

Adam Smith foi o primeiro a alertar sobre o perigo dos sindicatos. Sindicatos de empresas, como a FIESP, se dedicam integralmente a roubar o consumidor brasileiro fazendo lobby pela proteção de Mercado; sindicatos de trabalhadores, como aquele que o Lula comandou por décadas, existem apenas para roubar os consumidores, encarecendo os produtos e roubar os outros trabalhadores que não conseguem emprego por causa da reserva de Mercado; mas, como sói acontecer nesse país de merda, a selva está eivada de um tipo de sindicato muito mais pernicioso, pois ameaça a democracia e o estado de direito, são os sindicatos de juízes, considerem este caso:
Fausto Macedo, no Estadão:
O Ministério Público Federal (MPF) em Brasília denunciou criminalmente, por apropriação indébita, os juízes federais Moacir Ferreira Ramos e Solange Salgado da Silva Ramos de Vasconcelos - ex-presidentes da Associação dos Juízes Federais da 1.ª Região (Ajufer), entidade que reúne magistrados do Distrito Federal e de 13 Estados.
Ramos (presidente da associação entre 2008-2010) e Solange (presidente por dois mandatos, de 2002 a 2006) são acusados de terem vendido, em fevereiro de 2010, sem autorização de assembleia da Ajufer, a única sala comercial da entidade, no edifício Business Point, Setor de Autarquias Sul, em Brasília. O dinheiro da venda, R$ 115 mil, segundo o MPF, foi usado para abater dívidas de empréstimos que os dois magistrados tinham com a Fundação Habitacional do Exército (FHE/Poupex).
Ramos é autor de representação criminal no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a ministra Eliana Calmon, corregedora nacional da Justiça, que o afastou liminarmente da função em novembro de 2010. O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, cassou a decisão de Calmon, mas, por maioria de votos, os desembargadores do TRF-1 restabeleceram a ordem de afastamento do juiz Moacir Ramos. A juíza Solange continua exercendo suas funções. Em outra acusação, o Ministério Público Federal atribui crime de receptação a um terceiro juiz federal, Charles Renaud Frazão de Moraes, que também presidiu a Ajufer.

O PT Aparelha Até a ONU

O caso da criatura petista que usou a ONU para fazer campanha política para o PT no caso do pinheirinho como noticiado por Reinaldo Azevedo [aqui e aqui], não é apenas ridículo, vergonhoso e asqueroso. Mostra de maneira nítida como os partidos leninistas agem aparelhando e usando as instituições que infestam para avançar sua agenda do atraso e projeto de poder. Pior, expressa volume sobre o balaio de gatos que é a ONU, na verdade uma ONG mundial paga pelos contribuintes Americanos para, paradoxalmente, lutar contra as sociedades abertas e democráticas.

A Profundamente Sórdida Escumalha Maranhense

Vejam como funciona a máquina dos Sarney:
Coisas que só acontecem no Maranhão, por Lauro Jardim, Veja
É mais uma dessas histórias que só acontecem no Maranhão da família Sarney. Passada a eleição para o governo maranhense, em dezembro de 2010, o ex-governador José Reinaldo foi ao TSE pedir a cassação de Roseana por abuso de poder político e econômico. O caso foi parar nas mãos do ministro Arnaldo Versiani que, seguindo a liturgia da Justiça Eleitoral, expediu carta de ordem para que o TRE maranhense intimasse a governadora.
Por uma dessas coisas que só acontecem no Maranhão, o tribunal levou quatro meses para conseguir localizar e citar Roseana que, obviamente, estava no Palácio dos Leões. Quando conseguiu, coube novamente a Versiani solicitar ao TRE que ouvisse dez testemunhas de defesa da governadora. Em agosto de 2011, a tarefa foi delegada ao juiz Sérgio Muniz, que deveria ter se declarado impedido de realizar a tarefa, uma vez que é filho do secretário adjunto da Casa Civil de Roseana, Antonio Muniz.
Pois Sérgio não só aceitou o caso como permaneceu sentado sobre o pedido de Versiani por 58 dos sessenta dias de prazo para colher os depoimentos. No penúltimo dia, Sérgio devolveu a carta de ordem a Versiani solicitando mais sessenta dias de prazo e novos documentos para realizar a audiência.
Quando os documentos chegaram, o mandato de Sérgio no TRE maranhense havia terminado e o caso foi então delegado ao juiz federal Nelson Loureiro, que deu andamento imediato ao pedido, marcando a audiência das testemunhas de Roseana para esta sexta-feira. Na semana passada, porém, os advogados de Roseana entraram com recurso pedindo que o caso retornasse aos cuidados de Sérgio Muniz (já reconduzido ao cargo por Dilma Rousseff). Loureiro negou o pedido e o caso foi então parar no plenário do TRE maranhense.
Durante o julgamento, dois magistrados votaram para manter a audiência com Loureiro enquanto outros dois votaram a favor dos advogados de Roseana. Empate estabelecido, coube a quem desempatar? O voto final foi do juiz José Carlos Souza e Silva que, por uma dessas coincidências do Maranhão, era até pouco tempo presidente da Fundação José Sarney. O pedido de Versiani segue parado nas mãos de Sérgio Muniz.

Como o Lulo-Petismo Exterminou a Liberdade de Imprensa

A ONG Repórteres Sem Fronteiras colocou o Brasil na 99ª posição de seu ranking da liberdade de imprensa 2011-2012 sobre as condições de trabalho dos jornalistas em179 países.Com isso, o país caiu 41 posições em relação ao relatório de 2010, último a ser divulgado. O ranking é feito desde 2002. Segundo a organização, o Brasil é o país da América Latina que mais caiu no período

Thursday, January 26, 2012

A Matemática da Vida é a Matemática das Empresas, Mas Não é a Matemática das Cidades

Em biologia organismos nascem e morrem, a vida segue uma sigmóide. E as cidades? Aparentemente seguem um crescimento exponencial. O físico Geoffrey West dá uma excelente aula sobre isso.

A Mentira Como Manchete e a Canalhice Como Jornalismo

Reinaldo Azevedo dá uma aula de jornalismo ao petista chefe da Lula-news, aquele canal de TV pago com dinheiro público criado para dar emprego a jornalistas escroques e transmitir a deturpação dos fatos e as mentiras dos petralhas.

Wednesday, January 25, 2012

A Gigantesca Infestação de Parasitas: A Burocracia do Judiciário

A pátria de Policarpo Quaresma não é vítima apenas das saúvas. A principal praga do Brasil é sua burocracia gigantesca, inútil, parasitária. A burocracia mais nociva a saúde do país é a do judiciário, um conjunto de aspones, geralmente parentes e apadrinhados de juízes, que desfrutam de sinecuras bem pagas para fazer porra nenhuma. O assutador caso do TJ de SP ilustra o tamanho da infestação de parasitas: Os servidores do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) cobram R$ 2 bilhões da corte, montante que alegam ter direito por férias não tiradas, atualização monetária de "erros salariais" e outras parcelas. O TJ paulista tem 50 mil funcionários - além dos juízes, que são 2,4 mil em todo o Estado. Entre 35 mil e 40 mil servidores, inclusive aposentados, são credores de algum tipo de crédito.

Tuesday, January 24, 2012

Porradão Memorável Nesta Figura Abjeta e Desprezível

Excelente a porrada de Alberto Goldman no secretário da presidência:
É deplorável a intromissão do governo federal, através do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, no processo de reintegração de posse da área invadida do Pinheirinho, em São José dos Campos. Ao politizar um assunto que se transformou em drama que sensibiliza a todos nós, mas sobre o qual nunca procurou encontrar uma solução, o ministro ignorou o princípio da separação entre os poderes e a autonomia dos entes federativos. Mais: ao dizer que o “método” do governo federal não é esse, sugeriu à nação que não se acatem decisões judiciais. Fato grave quando a atitude vem de um ministro que tem a obrigação de zelar pela Constituição.

Gênia e Vadia

Absolutamente impagável!

A Velha e Inextirpável Picaretagem da Justiça Carioca

Quando se trata da justiça brasileira é difícil saber qual o pior tribunal, isto é, o que trabalha menos e o que suga mais da sociedade na forma de sinecuras, benesses e pendurricalhos que os parasitas inventam para explorar e fazer o contribuinte de palhaço. Mas sempre que falamos em picaretagem, malandragem oficial, deve-se levar em consideração as vantagens comparativas do carioca. Senão, vejamos: Os pagamentos milionários a magistrados estaduais de São Paulo se reproduzem no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A folha de subsídios do TJ-RJ mostra que desembargadores e juízes, mesmo aqueles que acabaram de ingressar na carreira, chegam a ganhar mensalmente de R$ 40 mil a R$ 150 mil. A remuneração de R$ 24.117,62 é hipertrofiada por “vantagens eventuais”. Alguns desembargadores receberam, ao longo de apenas um ano, R$ 400 mil, cada, somente em penduricalho.

O Genocídio Armênio

Existem países que tudo o que representam, tudo o que fizeram, merece a condenação universal; esses países estão sempre do lado errado da história. Junto da Rússia e Alemanha, a Turquia faz parte desse seleto grupo de losers. A França aprovou a lei que condena a negação do genocídio armênio pelos turcos em 1915. Grande jogada política que expressa o espírito oportunista gaulês, pois o lobby da comunidade armênia na França é poderoso. O melhor de todo o imbróglio, entretanto, é a reação dos neandertais turcos, teve até um imbecil para dizer que: ‘I think our country should have retaliated in the same way after the French Bill has passed,’ Yilmaz Sesen, a chemist, told AP television in Ankara. ‘They have committed genocide in North Africa, and not too long ago either.’

Baltasar Garzón, o Canalha Espanhol

A maior ameaça ao estado de direito e as democracias das sociedades abertas são os juízes ativistas. Esses juízes usam o manto da justiça para travestir seus verdadeiros objetivos políticos que consistem em perseguir judicialmente seus inimigos políticos, extirpar as tradições culturais, garantir direitos especiais a grupos de interesse e avançar a agenda política da esquerda. Baltasar Garzón, o juiz espanhol famoso por perseguir Pinochet, é o melhor exemplo desse tipo de militância socialista. Entretanto, vejam a ironia, o palhaço se sentia tão poderoso e, portanto, acima da lei, que decidiu ignorar a lei da anistia espanhola e foi remexer no passado franquista, louco para iniciar um processo de perseguição da direita espanhola. Como a Espanha aparentemente está saindo do seu passado medieval, norte-africano, tenebroso e migrando lentamente para a Europa, talvez haja esperança que a justiça prevaleça e esse canalha crimininoso que abusou do poder seja condenado.

Monday, January 23, 2012

Sarkozy e o Euro

Artigo na New Yorker sobre Sarkozy e o Euro: Because he is small and grandiose; because he thinks France should lead Europe and that Europe should lead the world; because he is brazen and ruthless in pursuit of power, and autocratic and shameless in exercising it; because he is self-dramatizing, an exhibitionist and an opportunist, as well as able, shrewd, and adroit; because he represents himself as both a conservative and a reformer, and is driven not by ideology but by instinct and impulse; because he was not born or bred to rule but stormed the establishment as an outsider, convinced of his destiny to enter history by altering history’s course; because he comes off as contemptuous of snobbish élites, and because he also craves the acceptance of those élites; because he thrives in crisis and is prone to floundering when he’s not under extreme pressure; and because he seeks to project French influence abroad to boost his own stature at home, Nicolas Sarkozy is often described as a would-be Napoleon.

China, Índia e EUA, o Que a Demografia Diz?

Artigo na Rand Review sobre as tendências demográficas nos EUA, China e Índia: The United States also appears likely to have the demographic and economic resources to retain its global supremacy through at least 2050. Its fertility and immigration rates are high enough to keep its population rising, albeit in the range of 0.5 to 1 percent per year (once the effects of the current recession on immigration rates wear off). The United States, which has 4.7 percent of the world’s working-age population today, will still have 4.3 percent by 2050. (If one assumes that the U.S. fertility rate, which, uniquely, is higher than it was in the last generation, stays constant and that illegal immigration continues at rates characteristic of the last ten years, then the U.S. percentage of total world population might not decline at all.) When the relative flatness of the ratio between U.S. GDP per capita and the GDP per capita of most other nations is factored in, the current share of global GDP accounted for by the U.S. economy is likely to stay quite high. Demographics are not destiny, but they are the next best thing. The accumulation of slow demographic changes inexorably alters nations, especially vis-à-vis one another — and in ways that are not easy to reverse. In the decades ahead, China and India will have the most to gain or to lose, and the United States will continue to have the most to protect and to defend.

O Israel Lobby e Outros Lobbies

O lobby de Israel nos EUA é forte e não gosta de críticas, afinal o taxpayer americano paga grande parte da conta do estado de Israel e não vê benefício direto algum, muito pelo contrário. O problema desse lobby, assim como de outros lobbies relacionados a minorias, é que qualquer menção relativamente crítica ao lobby de Israel é tratada pelos seus defensores como anti-semitismo, e no caso das outras minorias como racismo, o que é absurdo e ridículo. Vejam este artigo do co-autor do The Israel Lobby, Stephen M. Walt, desmentindo em detalhe um dos seus críticos.

Literatura Brasileira e Profissionalismo

A literatura brasileira é internacionalmente reconhecida como ilegível, vazia, chata e muito ruim, como atesta o sucesso de Chico Jabuti. Mas há esperança que melhore com o trabalho de empresários dispostos a introduzir o profissionalismo padrão internacional, como Luciana Villas-Boas: "Mas sei que a literatura brasileira tem um espaço imenso para crescer. O autor brasileiro tem que ser tratado com o mesmo profissionalismo conferido à literatura de fora, por meio de seus agentes e editores estrangeiros. Já constatei também que há grande interesse no exterior pelo que vier a sair do Brasil, desde que passemos a oferecer uma ficção de qualidade, mas legível por vários níveis de público, e não apenas a literatura chamada transgressora, ou metalinguística, que seja só experimentação formal — sem história, sem personagens ricos e complexos, sem carne, sem sangue. Isso, que já fizemos, enterrou e cria ainda obstáculos para a entrada do livro brasileiro no mercado internacional"

Friday, January 20, 2012

Mais Um Grande Idiota Francês: Alain Badiou

Os dois principais produtos da França são: queijo fedorento e idiotas. É um país tão sofisticado que para vender seus idiotas pro resto do mundo os chama carinhosamente de intelectuais. Um típico idiota francês, i.e., um intelectual, acredita que o comunismo é a solução para todos os problemas. Vejam esta entrevista do velho idiota Alain Badiou:

Sackur: How can you say communism is the right hypothesis today, when we know what we know about the authoritarian, tyrannical tendencies of communism in our lifetimes.

Badiou: Yes, but we have to distinguish between the genuine Idea of Communism, for example in the work of Marx himself, and the experiences of the last century, because the experiences of the last century are the first attempt to realize a new society. This attempt is a failure, okay. But after that, is the failure of that sort of experience the failure of the Idea itself? I don’t believe it.

Sackur: But that reduces your communist adherence to nothing more than a faith. Rather than look at its practical impact upon the 20th century, you just say, “Ah, well, that wasn’t pure. It wasn’t true to the idea. But I know that the idea itself remains right.” That’s a form of faith.

Badiou: Maybe, but faith is a great thing sometimes…

Libertarianismo: Resposta a Jeffrey Sachs

Meus amigos Roge e Adolfo replicaram corretamente ao artigo de Sachs, na mesma linha segue Trevor Burrus: In fact, most libertarians believe that the "other values or causes" listed by Professor Sachs are best promoted by promoting liberty. We believe so strongly in liberty because we believe that all those values are vital to humanity. At bottom, what ties libertarians together is the notion of a "presumption of liberty" -- that state action needs justification, not human freedom. This idea is far from controversial and, in fact, it is the founding principle of the modern liberal state. [Dica, Claudio Avolio]

Conselho aos Jovens Burros, Jabazeiros e Picaretas: Façam Doutorado em Finanças

Nos EUA existe uma espécie de OAB das Business Schools, a AACSB. Esse sindicato das escolas está restringindo o mercado para os professores de finanças das Business Schools que querem se recadastrar. Antes, naturalmente, toda Business School que se preze e tem vergonha na cara contratava um doutor em economia para ser professor de finanças. Mas graças ao cerco da AACSB, isso está ficando cada vez mais difícil e assim as Business Schools têm que contratar os idiotas com um diploma de Ph.D. em finanças. Além dessa restrição aos economistas é preciso dizer que o mercado acadêmico americano está saturado de bons economistas. Isso significa que um jovem talentoso com um doutorado em economia recém tirado muito raramente vai achar um bom job acadêmico se não tiver costas quentes [vir de um top department e ter um conhecido orientador]. O conselho do SB é, portanto, o seguinte: Se você quer fazer doutorado nos EUA mas tem como caracteristicas mais salientes ser burro, jabazeiro e picareta, o melhor a fazer é se dedicar as finanças; você entra facilmente numa escola conhecida, vai ter acesso a ajuda financeira e quando terminar o curso - tendo escrito um paper escroto, com técnicas que não domina e jamais entenderá - você está condenado a um emprego excelente, que paga muito bem, e a um futuro brilhante, cheio de consultorias e muito dinheiro. Moral da história: A restrição de mercado sempre gera uma alocação ineficiente de recursos.

Thursday, January 19, 2012

Caso dos Haitianos Barrados na Fronteira: Onde Estão as ONGs dos Negros?

Vocês não acham curioso que o governo brasileiro faz um esforço enorme para evitar a entrada dos Haitianos no Brasil? O governo Dilma tem mostrado uma determinação e competência inéditos para barrar a entrada dos Haitianos. Vocês não acham profundamente perturbador o silêncio das ONGs e outros grupos supostamente defensores dos direitos dos afrodescendentes? Como explicar tal silêncio? Eles não gostam dos Haitianos? Ou é porque não está rolando uma grana pública para que eles façam alguma coisa?

Os Números Mundiais da Prostituição

Mais de 40 milhões de pessoas no mundo se prostituem atualmente, segundo um estudo da fundação francesa Scelles, que luta contra a exploração sexual. A grande maioria (75%) são mulheres com idades entre 13 e 25 anos.

Jeffrey Sachs Critica o Libertarianismo

Um interessante artigo de Sachs criticando o libertarianismo: Yet the error of libertarianism lies not in championing liberty, but in championing liberty to the exclusion of all other values. Libertarians hold that individual liberty should never be sacrificed in the pursuit of other values or causes. Compassion, justice, civic responsibility, honesty, decency, humility, respect, and even survival of the poor, weak, and vulnerable -- all are to take a back seat.

Ciência Econômica como Clube

Como publicar nos top journals em economia? O caminho tradicional, mais seguro e direto é ser membro do clube. Paul Krugman explica como funciona:
And who was in the loop? Well, there were groups of people in each subfield that were the real centers of information and reputation. I was part of two such groups, one in real trade, one in international money. I referred at the time to the “floating crap game”, hence the video above — there would be various conferences around the world, but the same 30 or so people would show up at each conference, like Nathan Detroit’s gamblers finding different hideouts each night.You got provisional entree to such a group through connections — basically, being a student of someone who mattered, and being tagged as having potential. You got permanent membership by doing enough clever stuff; the informal rule was three good papers, one to get noticed, one to show that the first wasn’t a fluke, one to show that you had staying power.And journal publication? Well, tenure committees needed that, but it was so slow relative to the pace of ongoing work that it no longer acted as an information conduit. I presented my paper on target zones at a 1988 conference; by the time it was formally published, in 1991, I had to add a section on the subsequent literature, because there were around 150 derivative papers already out there. The whole thing was informal — and also deeply undemocratic, offering very little way for outsiders to enter the debate.

Wednesday, January 18, 2012

Xocolate com Xurros Entuba Ignorância com Porrada

Meu amigo Rob Jaramillo está ensandecido com mais essa humilhação do Barcelona sobre o Real Madrid. Ele não consegue entender como o método Filipão de ignorância com porrada adaptado ao Real Madrid pelo Mourinho não consegue competir com os boiolas catalãs. O Barcelona insiste em brincar de bobinho durante o jogo, fazendo os trogloditas do Paraíba Pepe e Xabi Alonso correrem de um lado para o outro como dois idiotas. Resignado Jaramillo encontra os culpados: “São esses portugas recalcados. Português é ressentido e sem cabeça demais...”

Bresser-Pereira, Um Economista Brasileiro

Querem saber o que é um economista brasileiro? É um sujeito que não entende porra nenhuma e fala pelos cotovelos sobre tudo aquilo que desconhece profundamente. Quanto mais analfabeto, mais arrogante é do conhecimento que não possui. Bresser-Pereira é um economista brasileiro por excelência. Ao invés de ler artigos especializados para aprender alguma coisa, prefere escrever livros sobre assuntos sérios dos quais não faz a mínima idéia. Como bom esquerdista era o manager do mercantilista brasileiro Abílio Diniz. Como bom socialista foi ministro de Sarney e tentou, com algum sucesso, destruir a economia brasileira. Homem sensível e de visão não perde a oportunidade de adular o governante de ocasião; hoje com o PT no comando tenta de todas as formas apagar o passado tucano para ver se consegue uma boquinha no governo. Vejam seu perfil na Piauí. [Dica, Drunkeynesian].

Kibe, Hummus e São Paulo

O paulistano é o argentino brasileiro. Universalmente detestado quando fala daquela cidade horrorosa e imunda com aquele sotaque insuportável como se ela ficasse na Europa. São Paulo já foi governada pela bugrada quatrocentona que se considera um braço da família Habsburg. Depois foi a vez da italianada descendente de imigrantes trabalhadores que amealharam fortuna e criaram filhos comunistas e idiotas. Mais recentemente se tornou um entreposto político Sírio-Libanês. Pensem bem, não é que São Paulo merece mesmo Maluf, Kassab e, agora, Haddad?

Por Que o Brasil é uma Merda Inigualável e o PT é o Partido da Bandidagem e de Assassinos?

O caso Celso Daniel é a melhor ilustração do título desse post. O Brasil é uma merda absoluta, inigualável, asquerosa, insuportável porque tem a oportunidade de experimentar o estado de direito e se esforça para rejeitá-lo a todo custo, sendo o país da impunidade por excelência, como mostra o caso Celso Daniel. E o PT? bem, está nos anais da história e do povo brasileiro que o PT é o partido da bandidagem, mas o caso Celso Daniel mostra que a bandidagem não se resume a roubar dinheiro público, é preciso muito mais, e o mais, no caso, são assassinatos em série. Só para lembrar aos incautos, inocentes, boçais, burros e idiotas, segue a lista das pessoas assassinadas relacionadas ao caso Celso Daniel:
1) Celso Daniel : prefeito. Assassinado em janeiro de 2002.
2) Antonio Palacio de Oliveira : garçom. Assassinado em fevereiro de 2003
3) Paulo Henrique Brito : testemunha da morte do garçom. Assassinado em março de 2003
4) Iran Moraes Rédua: reconheceu o corpo de Daniel. Assassinado - dezembro de 2003
5) Dionizio Severo: suposto elo entre quadrilha e Sombra. Assassinado - abril de 2002
6) Sérgio Orelha: Amigo de Severo. Assassinado em 2002
7) Otávio Mercier: investigador que ligou para Severo. Morto em julho de 2003.
8 ) Carlos Delmonte Printes: legista encontrado morto em 12 de outubro de 2005.

Tuesday, January 17, 2012

Entrevista com Persio Arida

Apesar de discordar de algumas de suas respostas, esta entrevista com o Arida está excelente.
Folha: Mas o aumento do mínimo não distribui renda?
Arida: Não. Isso provoca pressão inflacionária, de um lado. Aumenta os gastos com inativos da União. Aumenta o gasto público na veia.
Folha: Então o aumento do salário mínimo não é distribuição de renda?
Arida: Não. A melhor distribuição de renda que o Brasil pode fazer, de um lado, é a ajuda direta aos mais necessitados, com bolsas família. De resto, suba o salário mínimo de acordo com a inflação, se você quiser chegar a tanto. Deixa o mercado funcionar. A melhor distribuição de renda é diminuir a taxa de juros, permitir o desenvolvimento do sistema de hipotecas no Brasil, reajustar bem o FGTS, que é um roubo dos trabalhadores. Evite que os trabalhadores sejam roubados. Quer melhor distribuição de renda do que esta? Posso dar vários exemplos. Mas essa regra [de reajuste do mínimo] está na contramão de tudo o que o Brasil precisa. O problema é que, uma vez criada a regra, entendo que seja politicamente difícil escapar dela.

Mearsheimer: Anarquia vs. Hierarquia

Artigo sobre o pensamento do professor de Chicago John Mearsheimer: Mearsheimer writes anarchy on the board, explaining that the word does not refer to chaos or disorder. “It simply means that there is no centralized authority, no night watchman or ultimate arbiter, that stands above states and protects them.” (The opposite of anarchy, he notes, borrowing from Columbia University’s Kenneth Waltz, is hierarchy, which is the ordering principle of domestic politics.) Then he writes the uncertainty of intentions and explains: the leaders of one great power in this anarchic jungle of a world can never know what the leaders of a rival great power are thinking. Fear is dominant. “This is the tragic essence of international politics,” he thunders. “It provides the basis for realism, and people hate people like me, who point this out!” Not finished, he adds: “The uncertainty of intentions is my Sunday punch in defense of realism, whenever realism is attacked.”

Por Que o Ocidente é Melhor?

Novo livro de Ibn Warraq cujo tema central é: Western superiority in relation to the Islamic world in ingenuity, morality, technological and cultural achievement is the direct result of freedom of thought. The ability to examine, criticize and adjust in an endless cycle, both individually and en masse, is crucial to progress. A culture which stifles curiosity, forbids cultural or religious criticism and requires all individual and social adjustment to be toward conformity to stagnant cultural forms will inevitably fossilize. This is seen in numerous ways. The numbers of books printed in the Muslim world is miniscule in comparison with the huge output of the West. And while there is no Islamic objection to scientific or technological advance per se, the Muslim contribution to that advancement is practically non-existent. Without oil as a major export, the gross domestic product of the Muslim world would be negligible and even with the immense revenues brought in by oil, Arab states have by and large failed to develop fully functioning, self-sustaining economies, and so forth and so on.

Monday, January 16, 2012

Como Trazer os Haitianos Para o Brasil?

Augusto Nunes tem a fórmula, só esqueceu de mencionar que mesmo que os Haitianos fossem terroristas comunistas eles teriam que clarear bastante a pele, pois uma coisa é terrorista comunista italiano branquinho [os prediletos do PT] outra coisa são os trabalhadores afrodescendentes que não tocam a bunda music baiana.
Os haitianos que lutam pela sobrevivência escolheram o jeito errado de entrar no Brasil. O jeito certo foi descoberto por Cesare Battisti. Antes de deixar o país devastado pelo terremoto, cada um deveria ter-se filiado a alguma organização clandestina de extrema-esquerda, jurado de morte o imperialismo americano e justiçado pelo menos quatro inimigos do povo. Servem pequenos comerciantes ou policiais. Depois disso, os revolucionários se proclamariam perseguidos pela ditadura haitiana e rumariam para a potência emergente que acabou com a fome, depois com a pobreza, tornou-se a sexta maior economia do mundo, montou um sistema de saúde que está perto da perfeição, empresta dinheiro até ao FMI e tem emprego para todo mundo. Mas não pela rota que passa pelo Acre, e sim pela rota sul.

A Tese de Pirenne Revisitada

Pirenne maintained that the real destroyers of classical civilization were the Muslims. It was the Arab Invasions, he said, which broke the unity of the Mediterranean world and turned the Middle Sea – previously one of the world’s most important trading highways – into a battleground. It was only after the appearance of Islam, claimed Pirenne, that the cities of the West, which depended upon the Mediterranean trade for their survival, began to die. With them went the entire infrastructure of classical culture. Pirenne found that from the mid-seventh century onwards a host of luxury products, which had hitherto been common in Gaul, Italy and Spain, disappeared, and that with them went the prosperity upon which classical culture depended. Towns shrank and society became more rural.

Friday, January 13, 2012

Péssima Notícia

Aumenta o índice de aprovação no exame da OAB.

Delenda Carthago, Dizia Catão, o Velho

Se você aprendeu história com Asterix [que e’ bem melhor do que Hobsbawn], deve ter lido essa frase e aprendido que destruir Cartago era uma obsessão romana. Mas por que tanto ódio no coraçãozinho romano? Só porque esses fenícios se caracterizavam por combinarem “the worst of both Western and Eastern worlds: uncultured barbarians and effeminate, lazy, dishonest and cruel orientals.” Um novo livro sobre Cartago Carthage Must Be Destroyed: The Rise and Fall of an Ancient Civilization escrito por Richard Miles, tenta responder.

Ainda Bem Que é na Bahia

Por iniciativa do governador Jacques Wagner (PT), o Estado da Bahia conta com um Conselho de Comunicação Social encarregado de censurar e controlar a imprensa. Jornalistas não-escroques, entretanto, acreditam que o conselho vai fracassar pois censurar dá trabalho.

O Brasil é uma Merda Absoluta, Infinita

Quer uma prova? Adivinhem que foi o senador mais votado pelos internautas como o melhor senador?

A Confluência dos Velhacos

Caciques peemedebistas interromperam as férias para irem até Brasília defender o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e também sinalizar para o PSB que não está de olho na pasta de Bezerra, pelo menos explicitamente.


"E o fusca com os cinco otários soterrados, ha, ha, ha!!"
"Meu garooto!"

Thursday, January 12, 2012

Empresa Chinesa Constrói Arranha-Céu de 30 Andares em 15 Dias

Ducaraivéis, o prédio para servir como hotel deve ser uma merda, mas que o feito é interessante, isso é inegável. Vejam o filme da construção.

Salários Milionários do Setor Público

Num país miserável não surpreende que encontremos marajás no governo, os aspones mais bem pagos do universo: O secretário executivo de Mantega, Nelson Barbosa, não tem o salário de R$ 26,7 mil pago a ministros de Estado. Ele recebe em torno de R$ 14 mil, correspondentes ao vencimento de professor cedido da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mais a gratificação pelo cargo, de R$ 6,8 mil. É um valor próximo da remuneração de qualquer servidor da elite do Executivo em início de carreira. Mas Barbosa também abocanhou um assento nos dois dos melhores conselhos existentes: o da mineradora privada Vale e o do Banco do Brasil, que lhe pagam mais R$ 27,1 mil mensais, elevando seus ganhos para R$ 41,1 mil.

Mitt Romney, o Primeiro Presidente Americano de Origem Mexicana?

Poucos sabem que o candidato a candidato do partido republicano, Mitt Romney, tem origem “mexicana”. Seu pai nasceu no México e parte de sua familía emigrou para o México em fins do século XIX para fugir da perseguição religiosa aos Mormons. Por que ele não aproveita esse capital político?

O Mito e a Definição de Fascismo

Uma definição atual de Fascismo é: "originally used in English 1920 in its Italian form (see fascist). Applied to similar groups in Germany from 1923; applied to everyone since the rise of the Internet.” Selwyn Duke escreve um artigo informativo sobre Fascismo na The New American.

Na Selva a Religião é o Primeiro Refúgio da Canalha

Reza o ditado popular que o nacionalismo é o ultimo reduto da canalha. Na selva, o primeiro é a religião: Pastora evangélica é denunciada pelo MPF por escravizar menina indígena em Goiânia.

Wednesday, January 11, 2012

A Imigração dos Haitianos e a Proposta de um Forward-Looking Economista

Hoje lemos que o governo brasileiro quer proibir a entrada dos Haitianos no país. É a velha lógica dos socialistas, imigração, legal ou ilegal, eles só defendem quando é para os EUA. No Brasil ou em qualquer outra pocilga socialista vigora o controle “sanitário” da fronteira; curioso ocorrer isso num país onde os direitos dos afrodescendentes estão sendo supostamente reforçados. Todos os argumentos contra a imigração dos Haitianos são desprezíveis e não vale a pena discutí-los, posto que são inexistentes do ponto de vista econômico. Vamos considerar então os argumentos a favor, como os de Irineu de Carvalho Filho formulados há dois anos atrás. [Dica, comentário de Rogério Ferreira no blog do Monastério]

O Que Está Destruindo a Economia Americana?

Não é apenas o socialismo de Bush-Obama do estado grande pro-big-business. Entre os principais fatores que estão levando as empresas americanas a bancarrota estão os planos de aposentadoria e seguro saúde. Vejam o caso mais recente do fabricante do Twinkies, o melhor bolinho do universo .

Tuesday, January 10, 2012

Kosovo é a Somália Européia

Não há como negar o fato de que a ajuda humanitária a Somália e a Kosovo, acolhendo sua diáspora, falhou miseravelmente. Por que jovens nascidos nesses buracos, mas criados na civilização tendo acesso a uma vida infinitamente melhor do que na pocilga em que nasceram, se radicalizam tornando-se terroristas islâmicos? Por que lutar exatamente pelos ideais que destruiram seus próprios países? Vejam mais um caso, dessa vez na Florida de um Kosovar naturalizado Americano.

É ou Não É um Biju, o Pulha?

Depois de pôr irmão em estatal, ministro deu cargo ao tio em comitê.

A Involução dos Intelectuais

No Século XIX intelectual lia e discutia livros.
No Século XX intelectual assistia e discutia filmes.
No Século XXI intelectual escreve e discute tweets.

Monday, January 9, 2012

Malandro Demais Vira Bicho

Se este elemento vivesse num pais decente ele apodreceria no xadrez: O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB), usou recursos públicos para comprar o mesmo terreno duas vezes, quando era prefeito de Petrolina, em Pernambuco. A primeira compra ocorreu no final de seu primeiro mandato, em 1996, por R$ 90 mil. Na segunda, já em 2001, durante seu segundo mandato, o negócio custou R$ 110 mil.
Nas duas vezes, o dinheiro beneficiou o mesmo empresário, José Brandão Ramos, sob a mesma justificativa: transformar a área em um aterro sanitário. As aquisições custaram R$ 500 mil, em valores atualizados. Ramos é primo do secretário de Agricultura de Pernambuco, Ranilson Ramos, que é do PSB, partido do ministro.

Há Canalhas, Bandidos e Picaretas em Toda Parte, Incluindo a Suíça

Essa é boa, o presidente do banco central Suíço [SNB] foi pego com a boca na botija, mostrando que o velho adágio de que a oportunidade faz o ladrão se aplica uniformemente a natureza humana; The SNB announced his resignation just days after Mr. Hildebrand declared that he wouldn't step down in the wake of disclosures that both he and his wife made currency trades last year, around the time when the central bank was intervening heavily in the foreign exchange markets to control the rise of the Swiss franc. A Suíça tem canalhas, bandidos e picaretas como o Brasil, a diferença é que lá as instituições se livram deles.

Tebow: O Cristão Açoita os Ateus Neo-Comunas

Não existe nada melhor no mundo do que ver a UNANIMIDADE unanimemente ERRADA, se fodendo de green and gold, aliás, de azul e laranja, as cores do Denver Broncos, time que Tim Tebow levou a uma vitória histórica contra o império do mal do futebol Americano, o Pittsburgh Steelers, nos playoffs da NFL. É profundamente reconfortante ver Tebow vencendo quando todos os analistas dizem que ele é ruim, pereba, perna de pau, idiota, etc, apenas por ser um cristão praticante. Obviamente os socialistas parasitam tudo, até mesmo redação de esportes, esses jornalistas, pessoas do pior caráter possível, verdadeiros escroques, quebraram a cara com Tebow. E, todavia, Tebow nunca lhes dá razão para existir, apenas vence, nunca respondendo as críticas da canalha, o que a enlouquece ilimitadamente….

Sunday, January 8, 2012

Saturday, January 7, 2012

Quando Pilantras, Vagabundos e Canalhas Governam

O que você espera de gente da pior espécie? Do casamento do tradicional coronelismo nordestino com o socialismo de Arraes? Considerem esta notícia: Depois de ser acusado de uso político de verbas antienchente, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, fica em situação ainda mais delicada neste sábado com a revelação de que seu filho, o deputado federal Fernando Coelho (PSB-CE), foi privilegiado com o maior volume de liberação de emendas parlamentares da pasta em 2011 – 9,1 milhões de reais.

Bad Science Corner: Maconha Não Danifica o Cérebro, Segundo Estudo

Para gargalhar! Um novo estudo publicado na revista American Journal of Epidemiology mostra que a erva não danifica o cérebro. Pelo menos não de forma permanente.
Sssssssei...que tal botar o editor desse journal para bater um papo instrutivo com um natureba do partido verde ou um militante petista do PCC?

"Don't Wake Up in a Roadside Ditch"

Absolutamente genial

O Corinthians é o Time do PT

Não há a mínima dúvida de que o futebol brasileiro é o mais corrupto do mundo. A comissão de arbitragem da CBF é quase tão ruim quanto o STF. A corrupção na arbitragem segue a lógica petista e obedece aos interesses do partido da bandidagem. Isso explica porque o Corinthinas só é campeão brasileiro na era petista. Esse timinho de merda escala uma linha de árbitros da pior qualidade e procedência para vencer. Vejam esta denúncia de um ex-juiz de futebol:
"Ele é mentiroso, mariquinha e corrupto", afirmou Fonseca, que ainda relatou uma pressão sofrida regularmente pelos árbitros, como a obrigação de manter contato telefônico com o presidente da comissão após a divulgação das escalas "para receber recomendações" sobre os jogos: "ele me disse antes do jogo em que o Corinthians ganhou por 5 a 1 do Goiás: é jogo do Timão, hein? O que eu posso entender com isso? Que se o Corinthians não ganha, eu posso nunca mais ser escalado".

Friday, January 6, 2012

Craque Ganço para Inglês Ver

"Ganso? Nunca nem ouvi falar dele. Não o conheço. Onde ele joga? Em que posição?" indagou o técnico Inglês do Tottenham Harry Redknapp, que desmente interesse dos Spurs no apoiador do Santos.

A UnB, um Aparelho Paleolítico da Esquerda

Num país com universidades ruins, em que a educação superior é sofrível, é simplesmente lamentável vermos os escassos recursos sendo gastos de maneira tão irresponsável. Vejam o caso da construção na UnB de um centro de convivência indígena. Não é `a toa que o reitor da UnB é chamado de Zé do MST. Ele compartilha com a esquerda brasileira um profundo desprezo pelo trabalho acadêmico sério e gastos desse tipo indicam que a esquerda trata a universidade como qualquer outra instituição pública: instituições para serem aparelhadas e usadas apenas para fins políticos

A Porrada Come Solta: Krugman vs. Cochrane

Krugman é a materialização do gênio Ivy League, é socialista, acha que é mais inteligente do que todo mundo, e acha que as falhas de mercado podem ser consertadas pela intervenção governamental. Além desses problemas estruturais, ele se mostra profundamente desonesto intelectualmente e desrespeita quem discorda dele nos debates sobre política econômica. Vamos por pingos nos iis. Não há um único leading economista para assumir que os economistas não têm resposta para todos os problemas e que as respostas são, no máximo, chutes na direção correta. Krugman é um grande economista da área de economia internacional, não é um macroeconomista, mas pensa que é e, pior, pensa que sabe mais do que todo mundo junto elevado ao cubo. É uma pena que essa sua atitude é imitada pelos primatas brasileiros e outros jovens economistas ao redor do mundo. Ao invés de estudar e pesquisar seriamente, vagabundo acha que pode resolver os sérios problemas econômicos batendo boca em blogs e jornais. [Dica, Badger]

Thursday, January 5, 2012

Bad Science Corner: Estudo Explica como Feios Conquistam Beldades

Todo mundo sabe que as gostosinhas só liberam para homens bem dotados: natural e/ou financeiramente. Este estudo picareta acha que homens feios têm sucesso com mulheres bonitas por se acharem mais atraentes do que são... [Dica, Rob Jaramillo]

Nordhaus: Energia e Meio Ambiente

William Nordhaus é um excelente economista Ivy league. Mas como todo economista de água salgada ele é socialista e, como tal, acha que sabe mais do que o mercado. Além disso acredita piamente no factóide do “aquecimento global”. Vejam sua proposta para proteger o meio ambiente, i.e., “corrigir” o mercado: We need national policies that address the enemies of pollution and global warming. But because energy is such a large part of consumer budgets and so central to our advanced economies, people are reluctant to allow energy prices to reflect the true social costs of energy consumption. We see this tradeoff play out in energy and environmental policy year in and year out.

O Racismo dos Afrodescendentes

Uma ex-ministra da selva já disse que não é racismo quando um afrodescendente discrimina um não-afrodescendente. Mas no Reino Unido uma deputada negra do partido trabalhista escreveu no tweet: ''White people love playing 'divide & rule'". O chefe do partido, Ed Miliband, reagiu imediatamente e soltou um pito na deputada falastrona dizendo que seu comentário era “unacceptable”. Valeu Ed!

Não Há Nada Mais Asqueroso, Pestilencial, Nojento, Pútrido do que Político Mineiro

Renata Lo Prete, Folha de São Paulo
Chamou atenção do Planalto a prudência de tucanos alinhados a Aécio Neves nas considerações acerca da atuação de Fernando Bezerra (Integração Nacional), acusado de privilegiar Pernambuco, seu reduto eleitoral, no repasse de verbas para prevenção de enchentes em 2011.
Apesar de Minas Gerais ter sido o Estado mais penalizado com as chuvas, nem mesmo Antonio Anastasia se aventurou a censurar o ministro.
O pacto de não agressão é interpretado nos bastidores como um afago do PSDB ao governador Eduardo Campos (PE), padrinho de Bezerra e próximo de Aécio, que trata o PSB como potencial aliado em 2014.

O Modelo de Negócios da Máfia Calabresa

Na Spiegel uma reportagem sobre a Máfia Calabresa. Vocês notarão uma semelhança impressionante com o método petista de administração de negócios.

Tuesday, January 3, 2012

Como Criar Fome no Mundo?

Simples, chamem José Graziano da Silva para chefiar a FAO e usar os métodos petistas de administração: Graziano da Silva, the former head of the FAO in Latin America and the Caribbean and a former minister for food security in Brazil, will need to bridge a divide between donor countries and developing countries to foster consensus and avoid paralysis in the organisation.
He plans to cut bureaucracy and reduce perks for top management and he also wants to decentralise operations and give more authority to local outposts, he said.
The FAO adopted reforms after an assessment funded by its members in 2007, which said it risked "terminal decline" due to its weak governance and lack of transparency and accountability.
But last year Britain threatened to pull out of the organisation unless it improved its performance, and some donors such as the United States have initiated agricultural development projects of their own.

País dos Bacharéis e do Doutor Lula

Vintage Olavo de Carvalho:
Quem quer que conheça a história intelectual do nosso país sabe que é uma constante da sociedade brasileira o ódio à inteligência, misto de temor e despeito, e acompanhado, à guisa de compensação neurótica, pelo culto devoto aos títulos, cargos e honrarias exteriores que a substituem eficazmente em festividades acadêmicas e homenagens parlamentares.
A mentalidade geral, já antiga e tão bem retratada por Lima Barreto, segue a das vizinhas fofoqueiras do Major Quaresma, que, ao ver pela janela a biblioteca daquele infausto patriota, comentavam: “Para quê tanto livro, se não é nem bacharel?”
Que, em contrapartida, faltem livros nas estantes dos bacharéis e doutores, onde abundam garrafas de uísque e fotos de viagens internacionais, é coisa que não ofende nem choca a alma nacional. O estudante universitário brasileiro lê em média menos de dois livros por ano, e nem por isso deixa de receber seu diplominha e tornar-se, no devido tempo, chefe de departamento, reitor ou ministro.
(...)
Se os títulos acadêmicos são tidos como valores absolutos em si mesmos, independentemente de quaisquer méritos intelectuais correspondentes, e se estes por sua vez nada valem se desacompanhados daqueles, a razão disso está nos profundos sentimentos democráticos do povo brasileiro. A inteligência e o talento são dons inatos, que a natureza ou a Providência distribuem desigualmente aos seres humanos, criando entre eles uma diferenciação hierárquica que, do ponto de vista dos mal dotados, é uma humilhação permanente, uma ofensa intolerável e um mecanismo de exclusão verdadeiramente fascista. Os títulos acadêmicos foram inventados para aplanar essa diferença, dando aos incapazes e medíocres uma oportunidade de se sentir, ao menos em público e oficialmente, igualados aos maiores gênios criadores das artes, das letras, das ciências e da filosofia, se não mesmo aos santos da Igreja, aos anjos do céu e até à Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, como é precisamente o caso do sr. Lula.

Terror Cibernético Ataca Israel

O sonho dos terroristas cibernéticos é invadir sites dos governos Americano e Israelense. Além da China e Rússia há uma miríade de organizações terroristas especializadas em terrorismo cibernético, o wikileaks sendo o mais famoso. Mas não se iludam, o terrorismo cibernético é o braço direito do crime na internet e tende a piorar: Hackers claiming to be Saudis posted credit card information of thousands of Israelis on the Internet, credit card companies said Tuesday, in what appeared to be a politically motivated attack. An expert played down its scope.

A Coréia do Norte é Aqui!

Excelente artigo de Téta Barbosa:
Qual a diferença entre Cuba, a Coreia, o Recife e o Alemão? NENHUMA.
É ditadura do mesmo jeito.
A diferença é que na Coreia do Norte o nome do ditador era Kim Jong-il.
No Alemão, chama-se: salário mínimo!
Do mesmo jeito que não se tem ideia do que acontece na Coreia do Norte, não se sabe ao certo o que acontece no Recife, nem no Alemão.
Em parte porque estamos isolados do mundo.
Minha sugestão do dia: parar de se estupefar com o regime autoritário alheio e olhar para nossa própria ditadura.
A ditadura da fome, da corrupção, da falta de vontade política, da falta de vergonha na cara.

O Mercado Comum dos Mercantilistas

Falar em livre comércio na América Latrina é um oxímoro. O melhor exemplo é esta aberração absoluta chamada mercosul que até mesmo intelectual francês critica... o cientista político francês Olivier Dabène resumiu os decepcionantes 20 anos do Mercosul. A história do bloco "é pontuada por fases de progresso interrompidas por mudanças políticas ou crises econômicas, seguidas de retomadas que suscitam novas expectativas, rapidamente desfeitas", disse Dabène - presidente do Observatório Político da América Latina e do Caribe (Opalc) do Instituto de Estudos Políticos de Paris, conhecido internacionalmente como Sciences Po -, durante a apresentação do relatório anual da Opalc sobre a região, em Paris.

Monday, January 2, 2012

Será Possível? O Governo Dilma é Mais Corrupto que o de Lula?!

Operações da Polícia Federal flagraram desvio de R$ 3,2 bilhões de recursos públicos em 2011, dinheiro que teria alimentado, por exemplo, o pagamentos de propina a funcionários públicos, empresários e políticos. O valor é mais do que o dobro do apurado pela polícia em 2010 (R$ 1,5 bilhão) e 15 vezes o apontado em 2009 (R$ 219 milhões). A título de comparação, representa quase metade do dinheiro previsto para as obras de transposição do rio São Francisco.

O Maior Roubo do Século

Daqui a alguns anos quando a maioria das aposentadorias nos EUA depender das contas privadas, dos 401K, ficará claro e evidente que esses poupadores foram lesados, ou melhor, roubados pura e simplesmente. Quem os roubou? Naturalmente os administradores de fundos de aposentadoria, os “analistas de finanças” e os CEOs das empresas cujas as ações fazem parte desses fundos. Isso explica o salário astronômico, irreal, absurdo desses CEOs Americanos.
“As far as I’m concerned, a board that keeps loading up its chief executive with more stock and options each year is, from a shareholder perspective, basically committing theft,” says Albert Meyer, a former accounting professor who runs a money-management firm called Bastiat Capital. It’s all legal, of course, but to Meyer you can tell if an enterprise exists for the benefit of shareholders or insiders by the number of options it awards its top executives. Options aren’t free; they dilute the worth of everyone’s shares. And the practice hurts more than the privileged few. Anyone who owns an index fund of the country’s 500 largest companies owns shares in McKesson, a Fortune 500 company. “It’s nothing short of a massive wealth transfer from the retirement accounts of middle-class Americans to a privileged few,” hidden in the guise of stock-option programs like McKesson’s, Meyer argues.