Sunday, August 12, 2007

Especialistas: Explicando o Inexplicável

Vejam um exemplo de um “especialista” na selva procurando explicar a prisão e deportação dos cubanos a mando do ditador Fidel Castro e tentando comparar esse caso com o do traficante Colombiano. Notem o cinismo, a falta de conhecimento, a desonestidade intelectual. Implícito em seu discurso está a idéia de que os leitores são burros, desinformados, literalmente imbecis. Tais especialistas se reproduzem na selva como fungos em matéria em decomposição porque o Brasil é um país sem cultura, com nível educacional abaixo da crítica, onde a única opinião possível, assumida a priori como a tecnicamente correta, é monopolizada e controlada por asseclas e/ou empregados dos partidos de esquerda. É preciso adicionar que a preponderância do pensamento de esquerda também se deve a quase inexistência de pessoas educadas que tenham coragem de enfrentar essa supremacia cultural. A selva é um país tão miserável que nem mesmo uma guerra cultural é possível.

3 comments:

Blog do Adolfo said...

Parabens selva!!! A falta de coragem de pessoas letradas, que poderiam alterar o equilibrio de poder, e realmente incrivel.

Eles realmente acreditam que serao poupados pela ignorancia, arrogancia e odio dos selvagens. Estao enganados.

Paulo C. Barreto said...

E o jornal Extra gastou a semana em (por que não?) revisionismo histórico sobre os cubanos, apresentando-os como "desertores", e seus empresários, como "aliciadores". OU seja, uns molequinhos levados que caíram no canto da sereia da grana/fama/mulheres mas acabaram voltando para casa como bíblicos filhos pródigos.
A cara-de-pau no Brasil é como o sol e o ar: não tem custo nenhum e todo mundo aproveita.

Anonymous said...

O problema é que a burrice é contagiosa. Como a população brasileira é MUITO BURRA e não consegue capturar os conceitos de correlação, causalidade e probabilidade, qualquer explicação serve, mesmo que vá de encontro a estes ou outros princípios da experimentação empírica. O resultado é que qualquer coisa é prova de qualquer coisa, senão como poderia alguém sustentar que:

a) O fato de alguém ter dinheiro para pagar pensão alimentícia implica que ele não recebe dinheiro sujo dos lobistas de uma empreiteira mesmo que estes últimos realizem seus pagamentos;
b) O fato de uma pista de aeroporto ficar fechada por motivos de segurança e ter vários casos de derrapagem, mais ou menos graves, no dia anterior ou no mesmo dia, não tem correlação alguma com um acidente aéreo no qual o piloto não pode frear a aeronave;
c) A fuga dos pugilistas cubanos da vila pan-americana ocorreu porque eles estavam mal preparados e temiam tomar uma surra dos temíveis brasileiros. A polícia federal foi até Araruama “resgatá-los” das mazelas capitalistas (cerveja, mulheres, etc.) as quais eles ficaram expostos.

Em suma, se a população brasileira tivesse um QI médio acima de 80 pontos veria que explicações como estas, e muitas outras mais, são simplesmente BURRAS, não têm cabimento. Mas coitado do brasileiro, só quer saber de arroz e feijão na mesa, o que vem sendo fartamente disponível, graças à conjuntura econômica internacional. O resto, bem, o resto não interessa.